Home » Destaque » Conheça Toledo, a relíquia medieval da Espanha

Conheça Toledo, a relíquia medieval da Espanha

por Colaborador
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestDigg this

por Karina Rodrigues

De beleza e riqueza histórica marcantes, Toledo fica apenas meia de trem de Madri. Por isso é destino quase que obrigatório para quem vai à capital e consegue reservar pelo menos um dia pra visitá-la.  Vale a pena!

A cidade abrigou cristãos, judeus e árabes por séculos – em uma convivência de perfeita harmonia. Por conta disso é declarada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, e carrega até hoje esta mistura cultural, mais intensamente vista em suas ruelas do que em qualquer outra cidade espanhola.

Toda medieval, possui uma arquitetura singular, ruas estreitas e, por a sua parte antiga estar no alto de uma montanha, conta com uma vista panorâmica deslumbrante.

Para começar o tour pela cidade, é indispensável conhecer o Alcázar, uma fortaleza sobre rochas construída na época romana. Já foi diversas vezes restaurado e atualmente abriga a Biblioteca de Castilla-La Mancha e o Museu do Exército. Uma dica é subir até o último andar da biblioteca para apreciar a vista incrível de toda a cidade, uma vez que o monumento está localizado no ponto mais alto de Toledo.

Leia Mais! Madri: o que visitar?

Assim como todos os municípios da Espanha, lá também há uma catedral grandiosa e imponente, construída de 1226 a 1493. É uma das três catedrais góticas espanholas do século XIII, sendo sede da Arquidiocese de Toledo e principal obra desse estilo no país. O altar barroco recebeu o nome El Transparente, pois a luz que entra por uma fenda no teto faz com que, por alguns momentos, ele pareça estar se elevando aos céus.

Uma das minhas prioridades em Toledo foi garantir uma visita ao museu que homenageia o pintor  Doménikos Theotokópoulos, mais conhecido como El Greco. O artista nasceu en Creta, na Grécia, mas produziu grande parte de sua obra na cidade espanhola. O Museo del Greco é composto por peças dos séculos XVI e XVII, que representam não só a sua vida e obra, mas também a cultura e sociedade toledana. O ingresso custa três euros.

Antes de deixar a cidade, se puder prove o Mazapan (veja foto na galeria), um doce típico feito de amêndoas, batata e açúcar – disponível em diversos formatos. Há muitas histórias acerca da sua origem, porém o mais provável é que tenha procedência árabe. O que é muito comum, uma vez que esses antepassados na Espanha deixaram sua marca não só na gastronomia, mas também em suas sinagogas, juderías, vocabulário e em cada detalhe da vida cotidiana do povo espanhol.

Previous Image
Next Image

info heading

info content


Karina Rodrigues, colaboradora

Karina Rodrigues

Sobre a autora 

Jornalista e fotógrafa. Paulista muito paulistana, entre Guarulhos e São Paulo – e os olhos no mundo. Apaixonada por viagens, arte, cultura latina, fotografia, cinema, literatura, histórias, língua espanhola. Ah, e lindos jardins!

Tags

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *